Total de visualizações de página

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

BOM DIA BRASIL !!!, BOM DIA BRASIL???

Rodrigo Pimentel, Chico Pinheiro e Renata Vasconcelos da  Rede Globo RJ. 
Guardas Municipais sem armas! O mundo cor de rosa e maravilhoso de Rodrigo Pimentel, Chico Pinheiro e Renata Vasconcelos, todos da Rede Globo de Televisão !

Segundo o Jornalista Chico Pinheiro as Guardas Municipais surgiram depois de Constituição de 1.988, ainda na mesma matéria veiculada na manhã de ontem, Guardas Municipais somente servem para prevenir “pequenos delitos” e não estão investidos de “Poder de Polícia”, na ótica de Rodrigo Pimentel. 

E tão pouco estão “preparados” conforme pensa a Jornalista Renata Vasconcelos, vamos a verdade material dos comentários simplistas, eivados de completo desconhecimento e acima de tudo, cheio de pré conceitos contra as Guardas Municipais.
As Guardas Municipais foram criadas no Brasil nos idos de 1.831, ou seja: Muito antes da Constituição de 1.988 e quem as criou (Regente Feijó), em sua fala ao Senado do Império, anos mais tarde, disse que de todos os seus trabalhos em prol do Brasil, certamente o que mais lhe orgulhava era ter criado o Corpo de Guardas Municipais Permanentes, é o Corpo de Municipais Permanentes a bisavó das atuais Policias Militares de todo o Brasil, origem, inclusive da Policia Militar do Estado do Rio de Janeiro de onde é oriundo o comentárista em tela, caso ele estivesse isento e imparcial deveria na qualidade de “especialista e comentarista” de Segurança Pública, fazer a devida e necessária correção, mas não o fez, ou por desconhecimento ou por econômica conveniência, o bolso as vezes pode falar mais alto que a consciência.
A falácia do “Poder de Polícia”, quem tem “Poder de Polícia” Sr. Rodrigo Pimentel, é o ESTADO (União, Entes Federados e Municípios), que os outorga aos seus Agentes Públicos, que dá materialidade e ação operacional a esse poder, todos os Agentes Públicos que exerçam qualquer forma de controle social e que detenham o poder de fazer cessar qualquer ação individual nefasta contra a coletividade detém a outorga pública do “PODER DE POLÍCIA”, isso é ensinado nos primeiros dias dos bons Cursos de Direito ou de Formação Policial Básica.
O Agente de Trânsito, o Agente Fiscal de Obras, o Agente Vistor Sanitário, o Agente Fiscal de Posturas, o Policial Militar, o Policial Civil, o Policial Federal, o Policial do Exército, da Marinha, da Aeronáutica, o Policial Rodoviário, o Bombeiro Militar, o Agente da Defesa Civil, o Agente de Alfândega o Auditor da Receita Federal e os GUARDAS MUNCIPAIS, carregam dentro de suas funções a outorga (Delegação) do PODER DE POLÍCIA, uns sobre pessoas, outros sobre bens e direitos, mas todos o possuem por delegação e podem exercê-lo dentro dos limites da legalidade, dos princípios da auto executoriedade, da coercitividade e da discricionariedade, imagine alguém praticando atos deletérios contra os Bens, Serviços e Instalações do Município ou flagrado na prática de um ilícito penal, se não for abordado e devidamente revistado e conduzido a presença da Autoridade Policial (DELEGADO DE POLÍCIA), estará o Guarda Municipal sujeito as penas previstas para o crime de PREVARICAÇÃO, (Inteligência do Artigo 319 do nosso Código Penal), o Ministro do Supremo Tribunal de Justiça, Dr. Marco Aurélio Melo, (Da mais alta Corte de Justiça do Brasil, negou provimento de pedido de Habeas Corpus para dois Guardas Municipais, sob a legitima alegação de que “Quem deve zelar pela Segurança Pública e tem o DEVER de PROTEGER A SOCIEDADE, e não o faz, não pode ser beneficiado com a liberdade, ainda que provisória no curso do processo penal”
Na ótica do expert em Segurança Pública, os Guardas Municipais não servem para enfrentar bandido, servem para prevenir os pequenos delitos, e quem pratica pequenos delitos deixa de ser bandido??? ou “bandido” é só traficante, o ladrão de banco, o seqüestrador, o ladrão de cargas, o homicida, não há “hierarquia” para se classificar bandidos, todos são agressores da sociedade e todos desde os pequenos delitos e atos anti sociais até os que cometem crimes mais graves devem ter o mesmo tratamento do “ESTADO”, (Princípio da INDIVISIBILIDADE PENAL), materializado pelos seus agentes, sejam Federais, Estaduais ou Municipais, e para o enfrentamento de marginais, é arma na cintura, colete balístico no corpo, rádio pronto, tecnologia de informação disponível e viaturas nas ruas, a Lei 10.826 de 2003 nos garante a aquisição, registro, posse e utilização de armas de fogo, assim o ESTADO por meio dos seus legisladores, determinou e assim o é, pena que em virtude de pressão politica externa resolveram limitar a aquisição e registro de armas para as Guardas Municipais, sem qualquer nexo causal quanto a quantia populacional, algo que a Justiça Pública tem resolvido de forma expressa (rápida) e observando o principio constitucional da igualdade de tratamento, pois não existe hierarquia vinculante que diminua a importância dos municipios em relação aos estados federados e a união federal, como muitos pensam e vocês fazem presumir pelos comentários preconceituosos e cara de paisagem para as câmeras.
Sabe meu caro Rodrigo Pimentel, porque algumas Prefeituras tem de recorrer a Justiça Pública??? Porque os Juízes, Desembargadores e Ministros de Justiça tem melhor bom senso, são em sua absoluta maioria profissionais isentos de ranços, de pré conceitos, de visão estreita, de interesses políticos, estão fora do circulo das vaidades que cercam os mortais comuns, quanto à sociedade querer ou não “mais uma Polícia”, pergunte a sociedade, temos mais de 1,5 milhão de assinaturas na Câmara dos Deputados a nosso favor (PEC 534/A), Emenda Constitucional que foi aprovada em TODAS AS COMISSÕES, isso demonstra que sua opinião a respeito deste assunto também está equivocada, não se trada de “mais uma polícia”, se trata das GUARDAS MUNICIPAIS com poder de polícia sobre pessoas, porque sobre bens e serviços nos já o temos e o exercemos diariamente, quem duvidar que experimente atentar contra as normas administrativas que regem a vida das cidades e dos seus habitantes.
Arma não letal substitui a arma de fogo, pura balela, conversa para boi dormir, eu o desafio a provar que as Policias Municipais de Londres, Paris ou de Madri, usam somente a TASER, elas estão equipadas com modernas PISTOLAS calibre 9 m/m Parabellum, .40 S&W, o Brasileiro no metrô de Londres, que não entendeu a ordem de abordagem e recebeu vários disparos certeiros na cabeça que o diga, quem atirou e matou foram Agentes da Força Policial Metropolitana de Londres, se sua teoria fosse ao menos verdade, ele teria recebido uns “choquinhos” de taser, teria tomado o bonde de volta ao Brasil.
Aqui somos equipados com revolveres, e mesmo assim no inane calibre .38 Spl que não tem poder de parada suficiente, e ainda assim é motivo de incomodo, de afirmações falsas, criticas destrutivas e outras mentiras em forma de noticias, por vocês a cada dia um Guarda Municipal seria imolado no altar da vaidade dos Srs. e Sras, "formadores de opnião pública", nos deixem em paz!!!
Os Guardas Municipais tem de ter rádio para falar com suas centrais de rádios e com seus semelhantes nas Guardas Municipais, para falar com a PM quem tem de ter rádio é o PM, se quer “X9” que os contrate, ou os recrute, não sugira isso a um Agente Público.

Hoje em especial o comentário de vocês três no “Bom dia Brasil”, em nada contribuiu para melhorar a nossa sociedade, justos vocês de uma cidade tão acostumada com a violência criminal, onde cinegrafista, jornalista, artista e helicóptero da PM, são abatidos a tiros de armas de guerra, deveriam prestigiar os Agentes Públicos das Guardas Municipais, não diminuí-los de forma tão fria e ignorante, o inimigo agora é outro Capitão Pimentel.
Deixo o desafio a vocês da Rede Globo de Televisão para que deixem um espaço em aberto para rebatermos as inverdades já por muitas vezes ditas por vocês em nosso desfavor, vocês não são os donos da verdade e jamais serão, nunca serão!!!
*Estes textos são dedicados a memória de todos os Guardas Municipais do Brasil, que foram covardemente assassinados em virtude de exercerem funções de natureza policial, em prol da Segurança Pública e em consequencia em prol da sociedade das cidades onde estamos presentes de forma necessária e constante.

    Elvis de Jesus
Inspetor Regional de GCM
São José dos Campos SP
Fonte:milicianomunicipal

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Estacionamento Rotativo: Defensoria Pública alega que cobrança em Barbacena e ilegal


Segundo foi publicado no site Barbacenanews, por iniciativa da Defensoria Pública está ajuizada desde a última quinta-feira uma ação civil pública alegando a ilegalidade na cobrança do estacionamento rotativo em Barbacena.A matéria diz que segundo o Defensor Felipe Rocha ,Barbacena não está integrada ao Sistema Nacional de Trânsito, e sendo assim não teria competência para administrar e cobrar pelo estacionamento nas vias publicas da cidade.A Prefeitura estaria propondo à Defensoria um Termo de Ajuste de Conduta para uma possível negociação, afim de regulamentar o rotativo, inclusive quanto a data para o inicio da cobrança. 

SÓ PARA DESCONTRAIR UM POUQUINHO...

A Prefeitura de Betim promoveu seminário com o tema “O Papel do Município na Segurança Pública”


A Prefeitura de Betim, através da Superintendência Municipal de Segurança Pública, promoveu entre os dias 23 e 24 de novembro o primeiro Seminário para discutir “O Papel do Município na Segurança Pública”. A iniciativa partiu da necessidade do município discutir sobre o seu papel no enfrentamento da criminalidade e aconteceu no Centro Administrativo.
Sociedade civil, militar, entidades civis do município e da região metropolitana foram convidados para participar deste seminário, por serem atores fundamentais para o novo paradigma da segurança pública, com compartilhamento de responsabilidades e promoção social.
De acordo com o comandante da Guarda Municipal de Varginha e presidente do Conselho Nacional das Guardas Municipais para região sudeste, em sua palestra, abordadou assuntos como: Competências, capacitação e regulamentação; armamento das Guardas Municipais (legislação); Guardas Municipais e suas possibilidades, trânsito entre outros. O seminário visa conferir, avaliar, propor medidas e redimensionar ações político-pedagógicas para o desenvolvimento das instituições, na troca de experiencias em relações ao cotidianos dos agentes de Segurança Pública Municipal, concluiu.
Paticipou do evento a Prefeita Maria do Carmo Lara, Deputada Maria Tereza Lara, Superintendente Ricardo Alexandre Alves Antunes, Superintendente de Ribeirão Preto André Tavares, Comandante da Guarda Municipal de Betim Antônio Marcos fernando e autoridades civis e Militares. Está de parabéns a Comissão Organizadora do evento pela iniciativa e objetivos alcançados no fortalecimento do Sistema Unico de Segurança Pública, buscando discutir a atuação e a área de competência da Guarda Municipal na cidade.
Fonte:www.gmvarginha.com.br

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

COBRANÇA DO ESTACIONAMENTO ROTATIVO ADIADO PARA O INICIO DE 2012

Segundo o site barbacenaonline, a Prefeitura Municipal de Barbacena, através da Superintendência de Comunicação, emitiu nota adiando a cobrança do estacionamento rotativo, que estava previsto para dezembro próximo,  para o inicio de 2012. A nota diz ainda que a decisão foi tomada pela prefeita Danuza Bias Fortes na noite de quinta-feira(24).As razões para tal decisão não foram divulgadas.

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

DEAP/GMB PARTICIPA DO ENCERAMENTO DO PROJETO "MONTEIRO LOBATO" NA E.M.CORONEL JOSÉ MÁXIMO

Guardas Municipais,alunos que participaram da peça teatral, a idealizadora do projeto Lúcia Andreto e a professora regente Sara dos Santos.
Escola desenvolve projeto de literatura e incentivo a leitura

Um país se faz com homens e livros. O pensamento do escritor brasileiro Monteiro Lobato, foi o ponto chave do projeto de literatura desenvolvido na Escola Municipal Coronel José Máximo localizada no Pombal, zona rural de Barbacena.

O projeto denominado "Monteiro Lobato" envolveu diretamente 26 alunos do 4º ano do ensino fundamental e indiretamente todos os alunos do turno da tarde que participaram do encerramento do projeto na tarde desta última quinta-feira (24).

No evento de encerramento do projeto que trabalhou com os alunos as obras e vida do escritor Monteiro Lobato, os alunos do 4º ano apresentaram aos presentes os trabalhos desenvolvidos por eles durante todo projeto e em seguida encantaram a todos com uma  peça teatral envolvendo  personagens do Sitio do Pica-Pau Amarelo da obra de Monteiro Lobato.

Na oportunidade a idealizadora do projeto literário, a professora para uso da biblioteca Lúcia Andreto e a professora regente Sara dos Santos foram homenageadas pelos alunos do projeto.

A diretora Cláudia Ivone Zanetti agradeceu a presença dos pais de alunos e guardas municipais, parceiros da escola através da "Ronda Preventiva Escolar" por fim agradeceu a todos servidores da escola que com total espirito de equipe cooperaram  de alguma forma.

Segundo a idealizadora do projeto Lúcia Andreto, as atividades do projeto se iniciaram a cerca de 90 dias atras , culminando com a solenidade de encerramento nesta quinta-feira(24).

Guardas municipais que participaram do evento enalteceram os trabalhos desenvolvidos na escola, e disseram que a participação da Guarda Municipal nestes eventos serve para fortalecer os laços da Guarda Municipal com a comunidade escolar e valorizar iniciativas positivas de professoras e alunos que contribuem para um melhor aprendizado e consequentemente uma escola cada dia melhor.

Alunos encantaram a todos com a peça sitio do pica-pau amarelo

A "boneca" Emília distribuiu pirulito para plateia.

Momento da homenagem  a Lúcia Andreto e Sara dos Santos.

4º ano que participou diretamente do projeto"Monteiro Lobato"

MG SÓ PERDE PARA RONDÔNIA EM CASOS DE TRÁFICO DE DROGAS

Levantamento.Estado é o segundo colocado nesse tipo de crime no Brasil; estupros aumentaram 123%.Governo deixou de fornecer dados de criminalidade para estudo nacional

Minas Gerais, que há dois anos ocupava o quarto lugar no número de ocorrências de tráfico de drogas entre todos os Estados brasileiros, subiu para a segunda posição em 2010. O crime de venda de entorpecentes cresceu 42,5% no período. A informação faz parte do Anuário Brasileiro de Segurança Pública, divulgado ontem pelo Ministério da Justiça. O Estado também se destacou negativamente na pesquisa por ter deixado de informar vários números de criminalidade.



Fonte:Blog da Renata Pimenta

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Estacionamento rotativo entra em vigor no dia 1º dezembro

Foto: César Carneiro
Estacionamento rotativo entra em vigor no dia 1º dezembro
Para estacionar o veículo no período de 60 minutos, o motorista pagará R$1,50 pela folha de marcação

De acordo com o Decreto Municipal 7.103 de 31 de outubro de 2011, o Sistema de Estacionamento Rotativo em Barbacena passará a funcionar a partir da quarta-feira, 1º de dezembro. Para estacionar o veículo no período de 60 minutos, o motorista pagará R$1,50 (um real e cinquenta centavos) pela folha de marcação. Para evitar fraude, a folha de marcação possuirá um dispositivo de segurança. Os motoristas poderão adquirir a respectiva folha nos postos de venda autorizados que serão identificados com um adesivo. Não haverá venda fora desses pontos.
A cobrança do estacionamento será de segunda a sexta-feira, de 8 às 18h, e aos sábados, de 8 às 12h, sendo estendido até o horário de funcionamento do comércio em ocasiões especiais. Cada período de permissão de estacionamento será de 1(uma) hora. Na segunda fase de implantação do serviço será disponibilizado também espaço para estacionamento com 2 (duas) horas de duração, conforme a placa regulamentadora. Os portadores de necessidades especiais e idosos não pagam o estacionamento rotativo, desde que apresentem a credencial emitida pela Diretoria Executiva de Trânsito e Transportes (Dettran) e ocupem as vagas reservadas para essa finalidade. 
Os motoristas que estacionarem em desacordo com o regulamento conforme legislação em vigor serão multados de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB). A fiscalização do serviço será de responsabilidade da Polícia Militar de Minas Gerais e de agentes da Dettran. Toda a arrecadação do estacionamento será destinada à manutenção do setor de trânsito com investimentos na infraestrutura, sinalização, e ações educativas para um trânsito mais seguro e eficiente.
De acordo com a Dettran, o estacionamento rotativo visa aumentar o número de vagas na região central da cidade e, com isso, melhorar o trânsito para motoristas e pedestres. Esse sistema também contempla áreas de estacionamento para motocicletas, pessoas portadoras de necessidades especiais e idosos acima de 60 anos. Na região central, foram criadas em torno de 800 vagas de estacionamento rotativo.
Segundo o diretor da Dettran de Barbacena, Marcelo Senna, um dos objetivos da implantação do estacionamento rotativo é dar a oportunidade para que todos estacionem. “Estamos trabalhando para promover o sistema de uso consciente do estacionamento para que resulte em mais vagas e um trânsito mais ágil”, explica.
O Sistema de Estacionamento Rotativo Pago foi criado pela Lei Municipal 4.099 de 29/07/2007, regulamentada pelo Decreto Municipal 6.706, de 19/10/2009, em conformidade com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB).        
Mais informações (32)3339-2028 ou rotativo@barbacena.mg.gov.br
Fonte:Site oficial do município de Barbacena

terça-feira, 22 de novembro de 2011

GOIÂNIA-APRESENTAÇÃO DA PORTARIA DO ARMAMENTO

Foto: Luiz Galvão

O presidente comandante da AGMGOJoão Augusto, recebeu ontem (21), a portaria n° 100/2011, do Departamento de Polícia Federal - GO, no qual firma convênio entre a PF e a Prefeitura de Goiânia, com a finalidade de expedir o porte de arma de fogo para todos os integrantes da Guarda Municipal.
Segundo o comandante, é uma satisfação fazer parte desta etapa no processo do curso de armamento e tiro para os servidores da GM, estamos todos empenhados em trazer à corporação o melhor em todas as áreas, principalmente no quesito segurança pessoal, concluiu João Augusto.
Na portaria (abaixo) estão os artigos que esclarecerão na íntegra o seu contexto.

Fonte:guardamunicipalgoiania.blogspot.com

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

GUARDA MUNICIPAL DE GRAVATAÍ-RS TERÁ GRUPAMENTO AMBIENTAL

 

O Grupamento Ambiental sera composto por 20 agentes da Guarda Municipal de Gravataí.
Gravataí contará com mais uma equipe de fiscalização ambiental que passará a atuar em conjunto com a Fundação Municipal de Meio Ambiente (FMMA) – a Guarda Ambiental. Em encontro realizado nesta quinta-feira (17), técnicos da Fundação apresentaram dados do Plano Ambiental Municipal, aos 20 Guardas Municipais integrantes da equipe, que compartilharam propostas de operação. A reunião ocorreu na Sala Verde da FMMA, e teve a participação do vereador Ricardo Canabarro (PV).
De acordo com o diretor-presidente da FMMA, Sérgio Sampaio, o objetivo do encontro é viabilizar estratégias e informações para consolidar um convênio com a Secretaria Municipal de Assuntos de Segurança Pública (SMASP), a ser assinado no dia 1º/12. “Este acordo irá proporcionar a criação de uma Guarda Ambiental para auxiliar na fiscalização, na educação ambiental e no cumprimento das leis”, afirmou.

Conforme o secretário de Assuntos para Segurança Pública, Márcio Rocha, caberá a Guarda Ambiental o papel de notificar e encaminhar a pessoa que descumpriu a legislação. “Este trabalho em conjunto, de integração entre os órgãos públicos, efetiva resultados muito mais positivos a toda sociedade”, ressaltou.

“A água é a riqueza ambiental maior que o homem pode ter”, declarou Canabarro, ao pronunciar-se a respeito da importância desta equipe que visa proteger o meio ambiente. “Este é um momento importante para a história de Gravataí, afinal, passamos a ser referência para outras cidades que dispõem de recursos hídricos como o Rio Gravataí”, acrescentou.

O técnico ambiental da FMMA, Alberto Cariolato Pinheiro, falou que é preciso harmonizar o desenvolvimento econômico com a preservação ambiental. “Nosso município possui quase 500 km² de área, e conhecer o Plano Ambiental é de suma importância para a fiscalização”, relatou.

O coordenador da Guarda Ambiental e da Defesa Civil, Erisson Ferraz, apresentou uma prévia sobre a responsabilidade da equipe. “Teremos um setor de denúncias e averiguações, no qual compartilharemos as informações com a Fundação. Também estaremos efetuando um levantamento da caça e pesca ilegal, a fim de acabarmos com está prática em nossa cidade”, comentou.

Quem também está com grandes expectativas é o Guarda Municipal André Padilha. “Esta iniciativa da Fundação com a SMASP é muito significativa, pois irá contemplar muito mais regiões a serem fiscalizadas. Estou realmente muito contente em fazer parte desta equipe”, falou.
Fonte:Site oficial do município de Gravataí

sábado, 19 de novembro de 2011

Guarda Municipal de Congonhas elogia trabalho realizado em Ouro Preto


Membros da Guarda Municipal (GM) de Congonhas estiveram em Ouro Preto, na semana passada, com o intuito de conhecer o trabalho desempenhado pela Corporação ouro-pretana. Eles visitaram a sede da GMOP  e se reuniram com o prefeito Angelo Oswaldo. Os representantes revelaram que ficaram satisfeitos com o que viram e pretendem empregar alguns dos exemplos em sua cidade.

O tenente Correa comentou que “Congonhas está na fase de municipalização de trânsito, e a Guarda de Ouro Preto é considerada uma referência entre as cidades históricas nessa ação”. Segundo ele, o diferencial da Corporação ouro-pretana é “o comando único que reúne as duas funções: a guarda patrimonial e o serviço de trânsito“.

Para Angelo Oswaldo, “em muitos municípios há divergências entre a Guarda municipal e os agentes de trânsito. Contudo, a ação integrada com o Departamento Municipal de Trânsito (Ourotran), realizada em Ouro Preto, possibilita um trabalho eficiente que traz resultados positivos para os cidadãos”.

Foto: Divulgação Ascom/PMOP 

PROJETO AUMENTA PENA PARA CRIME DE DESACATO A POLICIAIS CIVIS , MILITARES E GUARDAS MUNICIPAIS

Tramita na Câmara o Projeto de Lei 1768/11, do deputado Eli Correa Filho (DEM-SP), que altera o Código Penal (Decreto-Lei 2848/40) para aumentar a pena do crime de desacato quando praticado contra policiais civis e militares e guardas civis. A proposta prevê pena de reclusão de dois a quatro anos e multa. Atualmente a pena é de detenção de seis meses a dois anos, ou multa.
O autor argumenta que hoje o crime de desacato é considerado de menor potencial ofensivo, cujo procedimento, em regra, não contempla a prisão em flagrante. De acordo com o deputado, a classificação do delito de desacato como crime de menor potencial ofensivo acarretou sérias dificuldades ao exercício das atribuições dos policiais civis e militares e guardas civis.
“Os profissionais da área da segurança pública ficaram privados de um importante instrumento de controle, o auto de prisão em flagrante, utilizado, normalmente, para conter pessoas exaltadas e descontroladas, que, muitas vezes, ofendem e menosprezam esses servidores no exercício de seu mister”, explica.
Tramitação

Antes de ir a Plenário, o projeto será examinado pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Íntegra da proposta:

Reportagem – Oscar Telles 
Edição – Marcelo Westphalem

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

UM BOM EXEMPLO DO PREFEITO DE CURITIBA


Prefeito entrega novos equipamentos à Guarda Municipal

principalO prefeito Luciano Ducci entregou nesta quinta-feira (17) equipamentos de proteção pessoal para a Guarda Municipal e condecorou 22 guardas municipais com a medalha por Tempo de Serviço. Foram investidos R$ 250 mil na compra de 407 coletes balísticos, 54 pistolas, 475 espargidores (gás de pimenta) e 100 kits antitumulto (de proteção individual com capacete e escudo).
“Cada vez mais a Guarda Municipal tem ajudado na segurança pública de Curitiba, integrada a outras forças policiais. Este serviço tem sido feito com qualidade o que faz da Guarda uma referência para a população”, disse Luciano Ducci.
Os equipamentos foram adquiridos com recursos de emendas dos vereadores Tico Kuzma e Beto Moraes. "A Guarda faz um serviço de muita importância para a população, por isso precisa e merece estar sempre bem equipada", disse Kuzma. Participaram da entrega e da condecoração os vereadores João do Suco, Julieta Reis e Felipe Braga Cortes.
Os novos materiais, comprados com recursos da Prefeitura e de emendas de vereadores, serão distribuídos para os núcleos da Guarda Municipal das nove regionais da cidade. “Com estes equipamentos estamos modernizando a Guarda e a deixando preparada para enfrentar qualquer situação de risco ou problema”, disse o secretário da Defesa Social, Nazir Abdalla Chain.

Condecoração - Após a entrega dos equipamentos, o prefeito condecorou, com a medalha por Tempo de Serviço, 22 guardas municipais que se destacaram na profissão e que nunca faltaram ao trabalho. A medalha, instituída pela Secretaria da Defesa Social, simboliza o reconhecimento aos agentes destacados pela lealdade, honestidade e dedicação.
Samuel Rodrigues de Oliveira, 45 anos e 20 anos na corporação, foi um dos condecorados. Para o oficial, que trabalha na Administração Regional da CIC, a medalha é um reconhecimento pelos serviços prestados. “Percebo que, cada vez mais, somos referência para as pessoas que nos procuram e sabem que estamos trabalhando para protegê-las e ajudá-las”, disse.
Samuel diz que está orgulhoso de receber a medalha e que ela faz relembrar as ações que fez durante a carreira. “Nesta função enfrentamos diversos desafios. Uma vez ajudei a salvar uma criança que estava sufocada com um objeto na garganta. Foi emocionante”, disse.
O guarda Sandro Dias Alves, 46 anos, também se diz orgulhoso com a homenagem. “Estamos na ponta do atendimento da Prefeitura e, por isso, somos referência para as pessoas. A população vê no guarda aquele que pode ajudar nos momentos de dificuldade, como alagamentos e desastres, e na alegria, quando nos vêem protegendo seus filhos”, disse.

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

FORÇA NACIONAL INICIA CAPACITAÇÃO DE GUARDAS MUNICIPAIS EM NATAL

A Força Nacional de Segurança Pública iniciou nessa segunda-feira (14) o treinamento de 300 agentes da Guarda Municipal do Natal (GMN) no curso de Operador de Pistola Taser. A capacitação segue até a próxima sexta-feira (18) na área de lazer do bairro de Panatis, zona Norte da capital.
Foram fracionadas turmas com 35 guardas municipais em cada grupo. O treinamento é voltado especificamente para manuseio e uso do aparelhamento de forma prática, buscando qualificar o contingente operacional da GMN. Os agentes devem ainda efetuar disparos com o equipamento, além de serem informados dos diversos procedimentos necessários para alcançar a eficiência no uso da arma em ocorrências.
De acordo com o comandante da GMN, Edivan Bezerra Costa, a qualificação operacional da corporação vem sendo uma preocupação constante do Comando Geral, que pretende formar uma equipe de instrutores e monitores aptos a formação e capacitação permanente do efetivo e das futuras turmas de agentes. “Sabemos da importância de um profissional de segurança pública capacitado e dentro dessa ótica estamos trazendo agentes da Força Nacional para dividir conosco seus conhecimentos”, informou.
A organização e planejamento da capacitação esta a cargo do subcomando de Instrução da GMN, que tem a frente o subcomandante Ariberto Araújo. A GMN também disponibilizou vagas direcionadas a instituições de guardas municipais de outros municípios, que se fazem presente durante o treinamento. “É importante parcerias das GM’s em prol de uma qualificação permanente dos nossos agentes em todo o país”, concluiu o comandante Edivan.

Texto: Assecom GMN.
.

terça-feira, 15 de novembro de 2011

HOMEM INVADE ESCOLA E ACABA PRESO PELA GUARDA MUNICIPAL DE VARGINHA


Por volta das 23 horas do último domingo(13)  uma equipe da Guarda Municipal de Varginha foi acionada e deslocou até a Escola José Augusto de Paiva, no bairro, Santana, onde estaria acontecendo um arrombamento.

Ao se aproximarem os Guardas Municipais depararam no interior da escola com G.A.F de 20 anos, na qual pulou o muro e no momento do flagrante, o autor estava arrombando a porta para entrar em uma das salas da escola. Diante dos fatos o homem foi conduzido até a Delegacia de Polícia ficando à disposição da autoridade competente para as devidas providências.
Fonte:gmvarginha

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

600 VAGAS PARA GUARDA MUNICIPAL DE SÃO BERNARDO DO CAMPO

600 vagas para Guarda Civil Municipal em São Bernardo do Campo - SP
CONCURSO PÚBLICO - EDITAL Nº. 002/2011
Começou nesta segunda-feira, 14, o período de inscrições para o concurso público 002/2011 da prefeitura paulista de São Bernardo do Campo, destinado a contratação de 600 Guardas Civis Municipais de 3ª Classe.
Segundo a empresa responsável pelo certame, Consultoria e Pesquisas em Instituições Públicas (GSA), são 240 vagas imediatas (120 para homens e 120 para mulheres) e 360 para cadastro de reserva com contratos em regime celetista.
O salário inicial é de R$ 1.484,65 por jornada de 40h semanais, inclusa gratificação, e para concorrer basta que o interessado tenha Ensino Médio completo e se inscreva até 29 de novembro de 2011 pelo site www.gsaconcursos.com.br. Além disso, deve efetuar o pagamento da taxa no valor de R$ 40,00.
Haverá prova objetiva no dia 22 de janeiro de 2012, bem como teste de aptidão física (TAF), avaliação psicológica, investigação social, os exames médicos e toxicológicos e o curso de formação específica em datas, locais e horários a serem divulgados posteriormente.
Fonte:PCI concursos

10 ANOS DA GUARDA MUNICIPAL DE BETIM E FESTEJADO COM EXPOSIÇÃO









                                                                                                                          
Categoria terá parte de sua história contada em museu até dia 7 deste mês

A Guarda Municipal de Betim, criada em 2001 pelo então prefeito, Carlaile Pedrosa (PSDB), encerra as comemorações de seus dez anos de existência com uma exposição de fotos no Museu Paulo Araújo Moreira Gontijo, na região Central. Até o dia 7 deste mês estão sendo expostas 52 fotografias, uniformes e um vídeo institucional contando os principais momentos da corporação, que atua na prevenção da criminalidade no município. 

A seleção das fotos foi feita por uma comissão de funcionários da Superintendência de Segurança Pública e, de acordo com o guarda municipal Anderson Reis, um dos integrantes do grupo, elas representam os principais momentos vividos pela corporação. 

"Optamos por imagens de projetos, grupamentos e de grandes eventos de que a Guarda participou. É um grande apanhado desses dez anos de serviços prestados ao município", ressalta Reis. 

Há dois anos trabalhando na categoria, o guarda José Augusto se diz satisfeito com os resultados conquistados e garante que a população de Betim já reconhece e se orgulha do trabalho da corporação. 

"O nosso trabalho é preventivo e as pessoas entendem isso. Por meio da nossa central de atendimento, por exemplo, temos dado um grande apoio às escolas", garante. 

Pioneirismo

A medida de criar a guarda foi inédita e a corporação foi a primeira do Estado a funcionar em parceria com a Polícia Militar. "O objetivo inicial era que a Guarda cuidasse do patrimônio público municipal, apoiando a PM e substituindo os militares que faziam serviços administrativos. Com o tempo, essa parceria se tornou um sucesso e tivemos uma redução no índice de criminalidade", lembra o ex-comandante do 33º Batalhão da PM, tenente-coronel Roberto. 

Hoje, amplamente disseminados nas maiores cidades do país, os guardas municipais trabalham na fiscalização de prédios públicos e no atendimento direto à população em ocorrências dos mais diversos tipos. O resultado é um intenso trabalho de prevenção e inibição da violência, através da ronda patrimonial em colégios, hospitais e Unidades de Atendimento Imediato (UAIs). 

"O ideal da Guarda Municipal é prevenir, o que acaba somando muito com o trabalho da Polícia Militar, que atua na área da repressão. Em muitas vezes, esses profissionais estão em lugares em que nós não estamos e, apesar desse ser um trabalho embrionário, se comparado ao tempo de vida da PM, a categoria já tem conseguido grandes atuações", garante o major Emerson, comandante da 174ª Companhia da PM. 

Estatuto 

Apesar das comemorações, a Guarda Municipal, que hoje conta com 155 agentes, ainda reivindica a aprovação de um estatuto próprio que regulamente questões trabalhistas, dentre elas o plano de carreira. "Entregamos uma cópia deste documento à prefeita para que ela possa analisá-lo e, quem sabe, encaminhar para a Câmara Municipal votar. Seria uma grande vitória", explica o guarda José Augusto.
Fonte:gcmdiaenoite

PRESÍDIO DE BARBACENA CRIA GRUPO DE OPERAÇÕES COM CÃES (GOC)

O Presídio de Barbacena, localizado na região da Zona da Mata, passou a contar desde o dia  11/11 com um Grupo de Operações com Cães (GOC).  O objetivo é fornecer mais uma modalidade de segurança para a unidade prisional. A iniciativa de criar o GOC partiu da direção do presídio - uma das 129 unidades sob responsabilidade da Subsecretaria de Administração Prisional (Suapi), da Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds).

Para colocar em prática o novo grupo, cinco agentes penitenciários da unidade participaram, durante uma semana, de um treinamento no Presídio de Conselheiro Lafaiete, na região Central, onde já há um canil em funcionamento. O curso, realizado entre os dias 07 e 11 de novembro, foi ministrado pelo diretor de segurança de Conselheiro Lafaiete, Júlio César Martins, e contou com a participação dos instrutores e agentes penitenciários Allan Bráulio Ferreira e Washington Luiz Araújo de Almeida.
Os agentes de Barbacena tiveram palestras sobre táticas não letais utilizando cães, direitos humanos, adestramento, além de aulas práticas.  No total, foram 60 horas/aula. Para o diretor adjunto do presídio de Barbacena, José Ângelo de Oliveira, o trabalho dos agentes penitenciários com o canil possibilita a otimização dos procedimentos de segurança do presídio.
Segundo o diretor do presídio de Conselheiro Lafaiete, Renato Honorato do Nascimento, que apoiou a capacitação dos cinco agentes, “o objetivo primordial dos diretores e dos envolvidos neste projeto é atuar em prol do desenvolvimento do sistema prisional”.  Todo o conhecimento adquirido pelos agentes penitenciários durante o curso será apresentado aos servidores da unidade nos próximos dias.

Canil

Para atender ao novo grupo, a direção do presídio de Barbacena criou um canil com espaço para seis cães. Dois deles já foram doados à unidade pela Suapi.

Fonte: www.seds.mg.gov.br/blog do agente Bruno

domingo, 13 de novembro de 2011

"RESGATANDO VALORES" NA E.M.CRISPIM BIAS FORTES


A Guarda Municipal de Barbacena, através da DEAP- Divisão Especial de Ações Preventivas, realizou na última quinta - feira (10),  palestra aos alunos do  Ensino Fundamental da Escola Municipal Crispim Bias Fortes na localidade de Torres,  Que tem como diretora a  Sra. Cláudia Maria Araujo que elogiou os trabalhos desenvolvidos pela Guarda municipal. 
O encontro foi desenvolvido no turno da tarde, sendo que o turno da manhã ja foi contemplado com a palestra em data passada.  A palestra que aborda temas como: preservação do patrimônio público, respeito mútuo, convívio social, entre outros relacionados ao resgate dos valores humanos, fazem parte do projeto "Resgatando Valores" que é desenvolvido pelas equipes da "Ronda Preventiva Escolar". 

55 alunos participaram atentamente da palestra.


Agradecimento a Diretora  Claudia, aos professores e a todos funcionários da escola pela parceria.

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

GUARDA MUNICIPAL DE BARBACENA REGISTRA ACIDENTE DE TRÂNSITO SEM VÍTIMA


Na última sexta-feira (04/11), uma viatura da Guarda Municipal  composta pelo  Subinspetor Itamar e o GM-1 Fernando, quando efetuando ronda de rotina nos próprios do município, ao passar  pela Pça Professor Soares Ferreira  deparou  com um acidente de trânsito envolvendo um  veículo Gol e um Fíat Strada, como não havia vítima e no local há grande fluxo de veículos, a guarnição da GM solicitou aos condutores que retirassem os veículos, possibilitando assim a fluidez normal do trânsito no local. Foi feito o registro através do TCIP Nº0018.

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Prefeito de Foz do Iguaçu defende avanços no modelo de segurança durante Fórum Paranaense

O primeiro Fórum Paranaense de Segurança Municipal debaterá, durante dois dias, “O papel do município” na prevenção e combate ao crime. Na abertura oficial do evento, o prefeito municipal de Foz do Iguaçu Paulo Mac Donald defendeu um novo conceito de segurança; mais abrangente, envolvendo outras áreas de investimentos e com atuação comunitária permanente. A ideia é que a Guarda Municipal, em parceria com as forças policiais, priorize ações para reduzir os  indicadores de violência.
Parte do modelo proposto já está em funcionamento em Foz. Trata-se do trabalho da Guarda Municipal, em conjunto com órgãos de segurança, o que demonstra a preocupação do Município na repressão e prevenção aos crimes.
Os investimentos municipais e o treinamento de qualidade colocaram a GM entre as mais bem preparadas e equipadas do país. A corporação é responsável por uma média de 600 prisões por ano. Soma-se a isso a revolução da gestão municipal em alguns setores, como: saúde, educação e habitação (desfavelamento).
Mas é preciso avançar ainda mais acredita o prefeito. Mac Donald reiterou que o modelo de segurança precisa inspirar confiança  na população e ser eficiente na prevenção.
“ O modelo de segurança tem que mudar no Brasil, já estamos mudando aqui em Foz, mas é preciso avançar, onde deve-se ter um trabalho de inteligência, com total apoio da população, pois sem a confiança da comunidade estamos fadados a ver os crimes acontecendo. Estamos enxugando gelo a partir do momento que chegamos sempre depois do acontecido. Nós precisamos estar lá antes do crime fazer mais vítimas”, destacou.
O prefeito ressaltou que a cobrança dos problemas de segurança não deve recair somente aos ombros dos policiais. Para ele é importante que haja investimentos públicos em outras áreas para que uma grande ação de combate a violência tenha efeitos positivos. “A criminalidade não é um fator isolado. A violência exige um programa de geração de emprego, habitação (desfavelamento), saúde e educação”, explicou Paulo.
Outro ponto apontado como fundamental para solucionar os problemas de segurança das cidades é a atuação permanente das guardas municipais. “ Os guardas municipais precisam ter liberdade para assumir a responsabilidade nas ações junto com a comunidade. É fundamental que a Guarda, e os demais órgãos de segurança, atuem na área comunitária e respondam pelos índices. É justo também que se reduzirem os indicadores de violência, eles também recebam premiações. Esse é um conceito inevitável, as policias terão que trabalhar assim”, defendeu o prefeito.
O secretário municipal de Segurança Pública de Foz, Adão Almeida informou que o porte de arma funcional, ou seja 24 horas por dia,  e autorizado recentemente pela PF aos guardas municipais é “ uma questão de justiça em razão ao grande número de prisões realizadas pela GM na cidade”, completou.
Almeida ainda disse que o papel do evento é elaborar uma proposta com apoio do Estado, secretários e gestores de segurança no país, ministros e deputados, para que a legislação seja mais abrangente, o que reforçará a participação dos municípios contra a criminalidade. “ Hoje o guarda prende um traficante e depois vai desarmado para casa. A sociedade não espera isso. Foz do Iguaçu, por exemplo, pela posição geográfica, é uma porta de entrada do país, criminosos usam os rios e a fronteira para tráfico de drogas e armas, ou seja, a responsabilidade por segurança não é só com a cidade, mas sim com o país, não podemos virar as costas para o Brasil”, enfatizou o secretário.
O presidente do Conselho de Secretários e Gestores de Segurança do Paraná, Marcelo Jugend, confirmou que Foz do Iguaçu e outras cidades paranaenses assumiram o desafio na área de segurança.
“Os gestores dos municípios se viram obrigados a assumir a responsabilidade, que antes era somente do Estado e da União. As cidades encararam o desafio e mesmo assim encontram empecilhos constitucionais. A presença do Município na segurança é irreversível. Por isso vamos aprofundar bem a questão neste encontro para lutarmos por uma garantia clara do papel de cada prefeito e secretário”.
Estiveram presentes ainda na abertura Elcio Fukoslin, representante da Secretaria Estadual de Segurança Pública, Fernando Vicentini, da Policia Federal, o promotor do Gaeco ( Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), Rudi Rigo Burkle, o delegado da Policia Civil, Rogério Lopes,  Valdesir Castro, de Foz do Iguaçu, representando os guardas municipais do Paraná, o vereador Luiz Queiroga, a secretária municipal de Juventude e Anti-Drogas, Vilma Marafigo e prefeitos de Arapongas e Guaratuba. 
agencia municipal de noticias/Foz do Iguaçu